2ª Reunião Ordinária de 2019 do Conselho Deliberativo de Desenvolvimento da RMBH é realizada na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

A Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte, realizou na manhã desta quarta-feira, 18 de setembro, a 2ª Reunião Ordinária  de 2019 do Conselho Deliberativo de desenvolvimento da RMBH visando à apresentação da nova Diretoria; apresentação da VII Conferência Metropolitana da RMBH; aprovação do Regimento da VII Conferência Metropolitana da RMBH e apresentação da Pesquisa Origem Destino de Cargas da RMBH.

A reunião se iniciou com a apresentação da nova diretoria da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte pela Diretora-Geral Mila Batista Corrêa da Costa. Após dois meses e meio à frente da ARMBH, a Diretora-Geral reforçou que preza por uma gestão disruptiva e reafirmou a importância da instância do Conselho Deliberativo de Desenvolvimento da RMBH no arranjo metropolitano.

O Diretor de Planejamento Metropolitano, Articulação e Intersetorialidade, Gustavo Batista de Medeiros, comentou que o foco da Diretoria será na informatização dos processos relativos ao planejamento e georreferenciamento.

A Diretoria de Regulação Metropolitana, chefiada por Elvis Clayton Nunes Gaia, tratará de agilizar os processos de fiscalização e regulação urbana, bem como oferecer apoio técnico aos municípios da RMBH.

Foi apresentada aos conselheiros a programação da VII Conferência Metropolitana da RMBH, que terá como tema “Metrópole inteligente, cidades inovadoras”, bem como o escopo das quatro oficinas temáticas: 1- Mobilidade; 2 – Ordenação Territorial – Reurb; 3 –  Agroecologia e Agricultura Urbana; 4 – Diversificação da Economia e Atração de Investimentos. O Regimento da VII Conferência Metropolitana da RMBH foi aprovado pelos conselheiros presentes.

Ao fim da reunião, o Gerente de Planejamento Metropolitano, Charliston Marques Moreira, apresentou a Pesquisa Origem Destino de Cargas da RMBH. A matriz de cargas evidenciada pela pesquisa, pioneira no Brasil, possibilita visualizar os carregamentos de produtos que chegam e saem da RMBH e do Colar Metropolitano. Os dados gerados ainda servirão de insumo para elaboração de um plano de logística de cargas com foco no desenvolvimento econômico e identificação dos gargalos logísticos. O gerente também enfatizou as diversas possibilidades de utilização dos dados da pesquisa, como mapeamento do fluxo de cargas perigosas, estimativa de emissão de poluentes, entre outros.

O Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Adriano Magalhães Chaves enfatizou a importância da Pesquisa Origem Destino de Cargas da RMBH para subsidiar as políticas públicas relacionadas à mobilidade e entender o cenário do deslocamento de cargas em Minas Gerais, além da importância da utilização do estudo em diversas outras frentes.

Acesse Regimento da VII Conferência da Região Metropolitana. clique aqui.

Acesse Galeria de Fotos da 2ª Reunião Ordinária de 2019 do Conselho Deliberativo de Desenvolvimento da RMBH . clique aqui.