Reunião apresenta projeto do Metrô e Rede de Mobilidade da RMBH

O Projeto do Metrô e a Rede de Mobilidade foram os destaques da reunião ordinária do Comitê Técnico de Mobilidade da RMBH, nesta segunda-feira (21), na Cidade Administrativa do Estado. A reunião foi conduzida pela diretora-geral da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Flávia Mourão, que explicou que a pauta incluindo o metrô surgiu de uma demanda na última reunião do Comitê de Mobilidade, no auditório do Crea-MG, no dia 31 de agosto de 2016.

Na reunião desta segunda-feira, o diretor de Projetos e Obras da Metrominas, Djaniro Silva, ministrou a apresentação sobre o Metrô na RMBH, destacando a retomada da negociação com a CBTU para que a sua gestão seja delegada ao governo de Minas Gerais. Ele ressaltou a necessidade de ampliação do metrô para atender regiões cujos corredores de transporte rodoviários encontram-se completamente saturados pelo grande volume de veículos e constantes congestionamentos.

Djaniro explicou que o crescimento urbano da capital mineira e a necessidade de soluções de transporte público efetivas desencadearam uma série de avanços no intuito de se concretizar a expansão da malha metroviária da RMBH, incluindo a contratação de estudos e projetos que subsidiarão a execução das obras. “O nosso objetivo é melhorar a capacidade, velocidade, conforto, atratividade, inserção urbanística e adequação ambiental do sistema de transporte da região”.

Segundo Djaniro, foram concluídos e entregues os projetos básicos de engenharia e arquitetura para modernização da rede nos trechos da Linha 01 – Eldorado a Vilarinho (28,2 Km), Extensão de Eldorado a Novo Eldorado (1,7 Km), Construção da Linha 02 – Barreiro a Nova Suíça (10,5 Km), e Linha 03 – Savassi a Lagoinha (4,9 Km), contratados na última gestão de governo. Já em relação à Linha 04 – Novo Eldorado a Betim (20,5 Km), o projeto básico está sendo elaborado e deve ficar pronto em dezembro de 2016.

Já o gerente de Planejamento Metropolitano da Agência RMBH, Samuel Herthel, ficou encarregado da apresentação sobre a Rede de Mobilidade, uma coleção de projetos viários e de transporte coletivo montada pela Agência para nortear a elaboração de diretrizes viárias no processo de anuência prévia.

O objetivo geral da Rede de Mobilidade é criar uma biblioteca de projetos viários e de transportes coletivos unificada e georreferenciada para a região que integre todos os projetos existentes para orientação da emissão de diretrizes de ocupação do solo e que seja aberta a adaptações às revisões do planejamento de mobilidade municipal e metropolitana, como por exemplo, a conclusão do Plano de Mobilidade da RMBH, que já está sendo contratado.

Samuel ressaltou que a Rede de Mobilidade já inclui 32 projetos viários e oito projetos de transporte coletivo de conhecimento da Agência RMBH. A expectativa é que esses projetos possam ser disponibilizados, em breve, para toda a sociedade através da Rede de Mobilidade.

Notícias Recentes