Prefeita quer participação na revisão de Plano Diretor de Vespasiano como modelo para a região

O Espaço Plano Diretor de Vespasiano, no Território Metropolitano, foi inaugurado, nesta quinta-feira (06/04), numa cerimônia que reuniu, nas instalações da Uaitec – Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais, no centro da cidade, cerca de cinquenta representantes da sociedade civil, prefeitura e câmara de vereadores do município.

A diretora-geral da Agência de Desenvolvimento da RMBH, Flávia Mourão, destacou que a proposta de revisão do Plano Diretor é a de propiciar uma vida melhor para todos. “Este espaço é para que as pessoas possam trazer suas dúvidas e sugestões e discutirem a cidade, com o olhar voltado para o futuro daqui a dez, vinte ou trinta anos”, salientou. Ela ressaltou também as potencialidades do município de Vespasiano como um importante centro da RMBH, enquanto o técnico da UFMG, Luiz Felipe, conclamou a todos para participarem ativamente do processo de revisão do Plano Diretor.

A prefeita de Vespasiano, Ilce Rocha, falou sobre a importância de se envolver a sociedade nas discussões sobre o conteúdo do plano que vai nortear as ações de desenvolvimento da cidade nos próximos dez anos. Para ela, este é um momento ímpar em que todos precisam repensar a cidade de maneira organizada e fazer dela um lugar melhor para se viver. “A cidade deve ser pensada em via de mão dupla, com a participação efetiva de toda a população, senão corremos o risco de ter um Plano Diretor sem vida. A nossa intenção é fazer da revisão do Plano Diretor de Vespasiano um modelo de participação para toda a região metropolitana”, ressaltou.

A secretária de Planejamento e Desenvolvimento municipal, Margarete Gelmini Machado, explicou que o município ampliou o Grupo de Acompanhamento (GA), incluindo outros representantes das secretarias municipais e da sociedade civil também. Além disso, será desenvolvido um trabalho de mobilização nas escolas municipais envolvendo a apresentação de peças teatrais e concursos de redação sobre o tema Plano Diretor, e serão promovidas reuniões com cada associação do município para que todos se conscientizem da importância desse plano.

A expectativa da representante da sociedade civil, Rita de Cássia Gonçalves Pereira, que trabalha na Secretaria de Desenvolvimento Social, é que o novo plano possa contemplar melhorias no aproveitamento de espaços públicos ociosos no município e, assim, beneficiar mais pessoas, por meio da descentralização e redistribuição de diversos serviços como os de lazer e mobilidade. “Muitas vezes, o cidadão, por falta de recursos financeiros, não tem condições de sair de bairros mais distantes como o Nova Pampulha e Jardim Liana e se vê privado desses serviços. Isso precisa mudar”.

Já a representante da Associação dos Catadores do Bairro Jardim da Glória, Maria Ilná da Costa, tem a esperança de que o novo plano possa contribuir para melhorar a coleta seletiva no município. “Para fazer um bom trabalho, o catador precisa de suporte e se todo mundo fizer um pouquinho, todos ganham. Se as associações pararem de receber os reciclados, os aterros vão se encher logo e, assim, o nosso trabalho evita que toneladas de material sejam jogadas no aterro”.

IMG_0749-Flávia

“Este espaço é para que as pessoas possam trazer suas dúvidas e sugestões e discutirem a cidade, com o olhar voltado para o futuro daqui a dez, vinte ou trinta anos”. Flávia Mourão, Diretora-geral da Agência RMBH

IMG_0834

“A cidade deve ser pensada em via de mão dupla, com a participação efetiva de toda a população, senão corremos o risco de ter um Plano Diretor sem vida. A nossa intenção é fazer da revisão do Plano Diretor de Vespasiano um modelo de participação para toda a região metropolitana”. Ilce Rocha, Prefeita de Vespasiano.

IMG_0691

“Para fazer um bom trabalho, o catador precisa de suporte e se todo mundo fizer um pouquinho, todos ganham. Se as associações pararem de receber os reciclados, os aterros vão se encher logo e, assim, o nosso trabalho evita que toneladas de material sejam jogadas no aterro”. Maria Ilná da Costa,Associação dos Catadores do Bairro Jardim da Glória.