Parceria entre Agência RMBH e Cemig fomenta a divulgação do Projeto BT Zero em áreas metropolitanas de vulnerabilidade social

Foto: Francielle Cota

No intuito de fornecer energia regular e de qualidade em núcleos urbanos informais que passam pelo processo de regularização fundiária, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) apresentou para a Agência RMBH, o projeto BT Zero com o objetivo de massificar seu amplo conhecimento na região metropolitana de Belo Horizonte.

O projeto está inserido no programa Energia Legal, que atua em comunidades concentradas nas áreas urbanas informais e vulneráveis em que parte dos moradores utilizam energia por meio de ligações clandestinas. No sentido de sanar tais defasagens, a Cemig lançou o BT Zero para que as famílias estejam regularizadas e recebam eletricidade de forma segura.

Associando tecnologia à operação do projeto, um transformador digital é instalado junto ao sistema de medição centralizado que capta a leitura e a transmite em tempo real para os canais de controle da Cemig. Assim, não há mais necessidade de um técnico trabalhando in loco, sendo o procedimento feito de maneira totalmente informatizada com acompanhamento mensal do próprio morador.

A meta é que o BT Zero contemple 240 mil famílias mineiras até 2023. O piloto foi implantado na comunidade Isidoro, em Belo Horizonte, onde 3 mil famílias foram beneficiadas este ano.

Regularização fundiária na RMBH

Em 2021, a Agência RMBH tem atuado junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede) para apoiar os municípios metropolitanos na pauta de regularização fundiária. A proposta está inserida no programa Minas Reurb, que tem o objetivo de subsidiar os municípios do estado nos procedimentos de regularização que visam a titulação e reconhecimento da posse e propriedade de milhares de famílias que vivem em situação fundiária irregular. Neste sentido, a autarquia irá articular diretamente com os municípios metropolitanos na divulgação do projeto, em especial para áreas que tem sido objeto de regularização fundiária urbana.

Segundo Gabrielle Sperandio, chefe do Núcleo de Assessoramento Técnico Especial (NATE) da Agência RMBH, “a iniciativa da Cemig, por meio do projeto BT Zero, possibilita ganhos significativos para as áreas irregulares, em especial as que são objeto de regularização fundiária urbana, cujo procedimento prevê a melhoria das condições urbanísticas locais e de habitabilidade. Como principais objetivos tem-se a redução de riscos de acidentes, a melhoria da qualidade e eficiência dos serviços de iluminação fornecidos e a regularização do fornecimento de energia de um montante de 240 mil famílias levando cidadania e qualidade de vida para essas pessoas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *