REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE E COLAR METROPOLITANO

A Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) foi instituída em 1973, pela Lei Complementar Nº 14, que criou também as regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre, Recife, Salvador, Curitiba, Belém e Fortaleza.

A RMBH era originalmente composta por 14 municípios. Em 1974 foi criado o ente gestor da RMBH sob a forma de uma autarquia estadual, a Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte – Plambel, que surgiu a partir do grupo técnico da Fundação João Pinheiro, responsável pelo Plano Metropolitano de Belo Horizonte. O Plambel, extinto em 1996, foi responsável por uma rica e extensa experiência de planejamento integrado, pela elaboração de diagnósticos e planos de alto nível técnico e pela formação de uma geração de planejadores ainda atuantes na RMBH. Todavia, o planejamento metropolitano vigente à essa época, caracterizava-se pelo excessivo centralismo, não abrindo espaço para a participação efetiva dos municípios e sociedade civil.

Entre 1989 e 2002, a Constituição Estadual de Minas Gerais foi incorporando outros membros à RMBH, que, atualmente, conta com a participação de 34 municípios. Além desses, tem-se o Colar Metropolitano, composto por 16 municípios do entorno da RMBH.

Segundo dados do IBGE 2010, os 50 municípios que integram a RMBH e Colar Metropolitano somavam 5.429.969 habitantes. Quanto ao Produto Interno Bruto (PIB), em 2011, os 50 municípios somaram R$146,5 bilhões.

Conheça os 50 municípios que compõe a RMBH de forma integrada:

RMBH_colar_rosa