HABITAT III – Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável

Buscando revigorar os compromissos globais de uma urbanização sustentável e a implementação da Nova Agenda Urbana, a ONU Habitat realiza sua terceira Conferência bi-decenal, o Habitat III (H-III), entre os dias 17 e 20 de outubro de 2016 em Quito, Equador.

O H-III tem como objetivo garantir a renovação do engajamento político para o desenvolvimento urbano sustentável, avaliar as realizações alcançadas desde a última Conferência (Istambul, 1996), combater a pobreza, identificar novos desafios e debater novos paradigmas de desenvolvimento. Como resultado da Conferência, será apresentado um documento final orientando o futuro da agenda urbana para os próximos 20 anos.

É esperado na Conferência a contribuição de todos os Estados-Membros das Nações Unidas, bem como seus governos regionais e municipais. Além destes atores, participarão também a academia, centros de pesquisa, fundações, ONGs, sindicatos, empresas, fundos e organismos internacionais multilaterais.

Habitat I: Vancouver, Canada – 1976

  • População Urbana Mundial: 39,7%

Habitat II: Istambul, Turquia – 1996

  • População Urbana Mundial: 45,1%

Habitat III: Quito, Equador – 2016

  • População Urbana Mundial: 54,5%

 

MINAS GERAIS RUMO AO HABITAT III: cidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis.

 

Data: 14/09, quarta-feira

Hora: 8h às 17h

Local: Auditório BDMG

 

Com o objetivo de trazer para Minas Gerais as discussões internacionais da Nova Agenda Urbana, proposta pelo Habitat III, o Governo do Estado, por meio da Assessoria de Relações Internacionais (ARI), das Secretarias de Cidades e de Integração Regional (Secir) e de Planejamento e Gestão (Seplag), e da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH) irá realizar o seminário MINAS GERAIS RUMO AO HABITAT III: cidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis.

O encontro é uma oportunidade para se conhecer as iniciativas da ONU Habitat, que serão levadas à Conferência em Quito, bem como as principais ações promovidas ao redor do mundo, por meio da participação de redes e organizações internacionais, como ICLEI, ALLAS, SDSN, GCLU, METROPOLIS E MERCOCIDADES. É também proposta do encontro fomentar o debate dos novos paradigmas de desenvolvimento urbano em Minas Gerais, reunindo atores governamentais, da academia, sociedade civil, organizações não-governamentais e o setor empresarial, preparando o estado para os desafios urbanos das próximas décadas.

 

Notícias Recentes