Diretora-geral da Agência RMBH participa de solenidade de lançamento dos estudos do Plano Estratégico Ferroviário de Minas

 

A diretora-geral da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH), Mila Costa, e o gerente de Planejamento Metropolitano, Charliston Marques Moreira, participaram, no dia 14 de agosto, da solenidade de lançamento dos estudos do Plano Estratégico Ferroviário de Minas, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus, afirmou que o Estado não pode abrir mão de que seus projetos ferroviários recebam os novos investimentos, após o anúncio do acordo de cooperação entre o governo federal e a Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF) para elaboração do Plano Estratégico Ferroviário para o País, uma vez que alguns dos principais trechos concedidos à iniciativa privada passam pelo seu território.

Já o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais, Marco Aurélio Barcelos, destacou que o relatório final da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras de 2018 deverá ser um dos principais documentos que servirão de base para elaboração do plano mineiro. A previsão é que a maior parte dos projetos seja viabilizada por meio de parcerias e concessões.

Entre os projetos prioritários citados pelo secretário está o Ferroanel de Belo Horizonte, também destacado pelo deputado João Leite, presidente da atual Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias. “O Ferroanel deverá liberar as linhas ferroviárias de 22 municípios da RMBH para o transporte de passageiros”, lembrou o deputado.

Nesse sentido, a diretora-geral Mila Costa ressalta a importância do Ferroanel e da reativação das ferrovias mineiras destinadas ao transporte de passageiros na RMBH para solucionar demandas referentes à mobilidade urbana e integrar novas centralidades.

 

 

 

Deixe o seu comentário