Agência RMBH e Seinfra realizam Reunião do Comitê Técnico de Mobilidade e apresentam estudos que serão desenvolvidos em 2020

Na tarde de quarta-feira (05/02) foi realizada a Reunião do Comitê Técnico de Mobilidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte (CTMob). O encontro, marcado por ampla participação de representantes das diversas classes envolvidas, ocorreu na Cidade Administrativa, e teve condução conjunta da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH), e da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra).

IMG_4100_Easy-Resize.com

Crédito: Francielle Cota

Durante a abertura, a subsecretária de Transportes e Mobilidade, Mônica Salles, apresentou o Escritório de Mobilidade. Em seguida, houve uma introdução dos temas a serem tratados pela diretora-geral da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (ARMBH), Mila Costa, e o diretor de Planejamento Metropolitano, Charliston Moreira.

Na ocasião foram apresentados por Charliston, o escopo do novo Plano de Mobilidade da RMBH e o termo de referência da pesquisa Origem-Destino de Pessoas de 2020, por meio de dados de registros de telefonia móvel gerando matrizes de origem e destino de deslocamentos. Estes estudos serão coordenados pela Agência RMBH em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra).

Vale ressaltar que o CTMob é o braço técnico do Conselho Metropolitano e será o ambiente de discussão do Plano de Mobilidade com a sociedade civil.

O Comitê Técnico de Mobilidade da RMBH foi criado em 2010, pela deliberação normativa nº 5 do Conselho de Desenvolvimento da RMBH para oferecer apoio técnico-consultivo à tomada de decisão e iniciativas diversas nas questões metropolitanas referentes à Mobilidade Urbana e Transportes. Sua composição é primordialmente técnica, e inclui representantes do poder Executivo e Legislativo, Estadual e dos vários municípios; representantes de classe de usuários e operadores dos sistemas de transporte, rodoviário e ferroviário, de carga e passageiros; academia; órgãos técnicos de classe; e entidades de participação social e da sociedade civil organizada.

Na imagem em destaque (da esquerda para a direita): a subsecretária de Transportes e Mobilidade, Mônica Salles, a diretora-geral da Agência RMBH, Mila Costa, e o diretor de Planejamento Metropolitano, Charliston Moreira.

Deixe o seu comentário