Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte participa da audiência pública da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias

Fonte: Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG)

 

A Diretora-Geral da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Dra. Mila Batista Leite Corrêa da Costa e o Gerente de Planejamento Metropolitano, Charliston Marques Moreira,  participaram nesta quinta-feira (7/11) da audiência pública da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias organizada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Vereadores de Santa Luzia (Região Metropolitana de Belo Horizonte) receberam o apoio de deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em audiência pública da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras realizada nesta quinta-feira (7/11/19), para a utilização da malha ferroviária já existente entre o município e a Capital para o transporte de passageiros.

A viabilidade econômica do trecho vai ser analisada no processo de elaboração do Plano Estratégico Ferroviário (PEF) de Minas Gerais. O estudo, sob responsabilidade da Fundação Dom Cabral, é fruto de uma parceria entre a Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), que o financia, e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra). O levantamento deve durar 14 meses e trará um portfólio de projetos prioritários para a implantação de uma nova estrutura ferroviária em Minas.

07-11 Comissão Pró Ferrovias

Foto: Flávia Bernardo

Integração metropolitana

Os deputados João Leite (PSDB), presidente da comissão, e Gustavo Mitre (PSC), a deputada Marília Campos (PT) e a diretora-geral da Agência Metropolitana da RMBH, Mila Batista, salientaram como as ferrovias podem ser um instrumento de integração entre as cidades.

Um dos benefícios do transporte sobre trilhos apontados pelos parlamentares são a retirada de veículos das vias e o ganho de tempo por parte dos passageiros, que evitariam longos congestionamentos.